Desvendando o pós-consumidor: a transformação inevitável.

As 10 nações mais preparadas para ter carros autônomos, segundo a Juniper Research

Escrito por | 3 de julho de 2018 | 3 meses atrás

Você imEstudo avaliou aspectos como o entusiasmo das nações por carros autônomos, políticas regulatórias e infraestrutura digital. Confira o ranking

vida com carros autônomos? Ou considera essa uma realidade ainda muito distante? Caso tenha escolhido a primeira opção, saiba que, de acordo com a Juniper Research, você está certo: podemos, sim, imaginar a vida com carros autônomos. E eles deverão fazer parte de nossas vidas em breve.

De acordo com a empresa, até o final de 2026 haverá mais de 50 milhões de veículos autônomos nas ruas – mais de 10 milhões nos EUA e 15 milhões no Extremo Oriente e na China. Além disso, a nova pesquisa da Juniper Research, chamada Autonomous Vehicles & ADAS: Market Trends 2018-2026, revela outras novidades.

Segundo o estudo, uma confluência de mudanças sociais, esquemas de mobilidade de cidades inteligentes e infraestrutura de tecnologia são fatores que impulsionarão as vendas de veículos autônomos. Com isso, deve ocorrer a diminuição da demanda por veículos próprios, impulsionada pelo surgimento de novos conceitos, como Mobility-as-a-Service – mobilidade como serviço, em tradução livre –, benefícios de segurança e estabelecimento de comunicações V2X (vehicle-to-anything, ou veículos para qualquer coisa, em tradução livre).

A Juniper avaliou 20 países de acordo com sua preparação para contar com veículos autônomos. Foram analisados o entusiasmo das nações por veículos autônomos, a probabilidade de veículos autônomos operando no país, políticas regulatórias, ensaios em operação, infraestrutura digital e de cidades em funcionamento, além da participação de empresas e organizações locais de tecnologia.

Confira as empresas que ficaram no topo do ranking.

1. Estados Unidos
2. Cingapura
3. Japão
4. Reino Unido
5. Coreia do Sul
6. Países Baixos
7. Malásia
8. Índia
9. China
10. França

A respeito do ranking, o autor da pesquisa, Michael Larner, comentou que os EUA têm todos os principais ingredientes para que os veículos autônomos operem em escala. “Autoridades federais e locais que apoiam os testes, o Vale do Silício e as universidades criam empresas capazes de fornecer a tecnologia, muitos concorrentes locais estão introduzindo tecnologias sem motorista e o carro continua sendo vital para viagens de lazer e de deslocamento”, argumenta.

Ainda de acordo com o estudo, 2019 será um ano marcante para os carros autônomos: nesse ano, haverá o lançamento de veículos em que a atenção total do motorista não será mais necessária. Os EUA e a China serão as regiões-chave a serem observadas à medida que novas políticas e diretrizes para veículos autônomos surgem e crescem e, combinados, serão responsáveis ​​por quase 65% dos veículos autônomos globais vendidos em 2019.



Top