Desvendando o pós-consumidor: a transformação inevitável.

Será que os consumidores gostariam de entregas feitas por drones?

Escrito por | 8 de agosto de 2018 | 1 semana atrás

Para a Worldpay, o uso de drones pode ser uma oportunidade para as empresas. Entenda como essa tecnologia pode impactar o dia a dia do consumidor

Os drones são uma tecnologia que ainda deixa muitas pessoas com “a pulga atrás da orelha”. Temas como privacidade, segurança, otimização e ganhos em facilidade sempre entram em pauta quando essa ferramenta é o assunto. Por isso, há dúvidas sobre o interesse dos clientes pelo uso dessas ferramentas.

Uma pesquisa da Worldpay, conduzida pela Opinium, estudou esse cenário e identificou que mais da metade (53%) dos consumidores brasileiros com acesso à internet se sentiriam confortáveis caso drones fizessem a entrega de produtos.

Ao mesmo tempo, a pesquisa revela que tal tecnologia poderia gerar mais empregos, considerando a necessidade de gerenciamento e controle desses novos equipamentos. E essa percepção é corroborada pelos brasileiros: 49% acreditam que os robôs e drones poderão oferecer mais oportunidades de trabalho no futuro. E o mercado também sugere que está pronto para o serviço de entregas com essa tecnologia, uma vez que mais de 40 mil drones são legalmente usados no país.

Curiosamente, a Worldpay identificou que pessoas de faixa etária mais alta são mais abertas a novas tecnologias no Brasil. Prova disso é que 62% dos entrevistados com mais de 55 anos de idade aceitariam ter um drone coletando itens para devolução. Entre pessoas com 18 a 34 anos de idade, essa taxa fica em 50%.

Para Juan D’ Antiochia, gerente-geral da Worldpay para América Latina, os consumidores brasileiros estão abertos a novas tecnologias e o mercado precisa impulsionar tendências a fim de disponibilizar opções de entrega seguras e inovadoras no sentido de expandir os métodos de pagamento.

“Sem dúvidas há um enorme potencial para o mercado quando a entrega feita por drones se tornar uma realidade”, defende. “Além dos benefícios com a redução de custos, os drones também podem ser a resposta para diminuir congestionamentos e poluição, além de agilizar o tempo de entregas”.

Ele explica que o peso dos pacotes e distância aérea são barreiras em potencial para a adoção, assim como garantir que as encomendas sejam entregues corretamente ao consumidor. “É aqui que tecnologia de pagamentos tem um papel importante: ao verificar a identidade do destinatário antes da liberação da encomenda”, revela.

Como essa tecnologia pode funcionar?

Os pesquisadores da empresa estão analisando o uso da tecnologia de drones no combate ao crescimento de fraudes nas encomendas. O resultado disso é o design de um protótipo, apresentado pela Worldpay, que ajudaria a abrir caminho para entregas feitas por drones em todo o mundo.

O Drone Pay proof of concept, da empresa, usa a tecnologia de pagamentos com cartão para verificar a identidade do destinatário da mercadoria, garantindo que foi entregue no endereço correto e para a pessoa certa. Essa tecnologia é incorporada a uma espécie de local de pouso para o drone, emitido na forma de um tapete.

Quando o drone pousa para deixar o pacote, a tecnologia de cartão dentro do tapete lê automaticamente todos os detalhes sobre o consumidor no local de pouso. Se os dados do destinatário no cartão conferirem com aqueles do local de pouso, a encomenda é liberada.



Top